Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão
Notícias
11/06/2019
Ausência de infraestrutura no Etemp é alvo de requerimento

Os vereadores de Araçatuba aprovaram ontem (10), durante a 19ª sessão ordinária do ano, onze requerimentos de informações oficiais endereçados ao prefeito Dilador Borges (PSDB), que terá até 15 dias para prestar os esclarecimentos.

A falta de calçada do lado direito da Avenida Luís Gonzaga da Silva, no Jardim Etemp, é tema de um requerimento apresentado pelo vereador Dr. Alceu (PV). Segundo o vereador, a falta de calçamento tem contribuído para o descarte irregular de lixo, o que estaria causando a proliferação de animais peçonhentos.

No requerimento em questão, Dr. Alceu quer saber se a Prefeitura tem conhecimento desse problema e, em caso afirmativo, se existe um projeto para recuperar a calçada da avenida e a estimativa de prazo para solucionar a demanda.

Os vereadores Cido Saraiva (MDB), Beatriz (Rede) e Lucas Zanatta (PV) apresentaram um requerimento cada.

Cido pede informações sobre a existência de animais de grande porte soltos em vias públicas. Já a vereadora Beatriz pede informações quanto ao estado das árvores situadas na lateral do loteamento residencial Costa Home. Por fim, Lucas Zanatta pergunta se há agentes comunitários atuando no Jardim América para visitar as residências do bairro.

REPELENTES

O Plenário aprovou ainda cinco requerimentos de informações oficiais apresentados pelo vereador Arlindo Araújo (PPS) durante a sessão ordinária realizada ontem.

No primeiro pedido formal de explicações enviado ao chefe do Executivo, Arlindo quer saber quantos repelentes foram entregues a gestantes de baixa renda em Araçatuba desde que o governo federal começou a distribuir os produtos para os municípios em 2018. Ele também pergunta se os repelentes estão disponíveis nas unidades básicas de saúde.

Com base em informações recebidas de moradores do bairro rural Engenheiro Taveira de que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) não estaria recolhendo animais doentes abandonados, com exceção daqueles que têm leishmaniose, Arlindo Araújo quer saber se essas informações estão corretas e, em caso afirmativo, por que isso estaria acontecendo.

Tendo em vista a informação recebida pelo gabinete de Arlindo Araújo de que cada um dos 250 agentes comunitários de saúde receberia da Prefeitura, no início do mês passado, uniformes e tabletas para trabalhar e que esses agentes que atuam em Engenheiro Taveira não teriam tablets para entrar em ação, o parlamentar quer saber se os aparelhos foram entregues e as razões desses equipamentos eletrônicos não chegarem aos funcionários que trabalham no bairro rural.

A limpeza das margens do Córrego Machado de Melo, no trecho sem asfalto da Avenida João Arruda Brasil e a sinalização horizontal de trânsito de vias públicas no município foram temas de outros requerimentos apresentados pelo vereador Arlindo Araújo.

EMPRÉSTIMOS

O vereador Denílson Pichitelli (PSL) é autor de dois requerimentos aprovados na 19ª sessão. O primeiro deles questiona a Prefeitura sobre o valor total da dívida que o município tem referente a contratos de empréstimos firmados com instituições financeiras.

Pichitelli quer saber ainda quais contratos estão em vigência, com os respectivos períodos, os valores contratados, o objeto de cada termo e o valor gasto por mês com cada contrato.

O outro requerimento assinado pelo vereador Pichitelli pede informações sobre quais cargos comissionados da Secretaria de Segurança Municipal estão ocupados por pessoas alheias ao quadro de servidores efetivos da Guarda Municipal.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação: João de Paula// Foto: Angelo Cardoso
Compartilhe:
<< Página Anterior